Monthly Archives: Maio 2011

image_pdf
Cada empresa pode decidir onde será dado o foco da sua administração. As formais mais comuns são: foco na empresa e foco no cliente. Uma organização administrada com foco na empresa tem como indicadores principais a lucratividade, a participação no mercado entre outros. Com essa mentalidade, a empresa decide sobre os requisitos do produto tendo em mente no que vai...
A Política da Qualidade descrita no item 5.3 da ISO 9001:2008, nada mais é do que uma carta, oficialmente constituída, e portanto, com validade legal, descrevendo a intenção da empresa em gerir seus processos, produtos e serviços com qualidade. Dentre as dúvidas que podem nos vir à mente está o significado da palavra “política”. Para elucidarmos isso, vamos recorrer ao...
A ISO 9001:2008 no seu requisito 5.4 – Planejamento, deixa para a organização uma grande responsabilidade, o de planejar o sistema de gestão da qualidade como um todo. Antes de iniciarmos o assunto, vamos entender o significado da palavra planejamento. O Dicionário Michaelis diz o seguinte: planejamento 1 V planeamento. 2 Ato de projetar um trabalho,...
Como parte do planejamento estratégico da empresa para atender aos requisitos do produto e cumprir a política da qualidade, a organização deve definir, para cada função e nos níveis pertinentes, os respectivos objetivos. O primeiro problema que deparamos é em dividir a responsabilidade da política da qualidade por cada função. Nem sempre essa tarefa é fácil. Vamos supor a função...
Antes de dar-se início ao planejamento do sistema de gestão da qualidade, é fundamental que a organização já tenha cumprido duas importantes etapas: A definição dos requisitos do sistema de gestão da qualidade (4.1. Requisitos gerais - Sistema de gestão da qualidade) e A definição dos objetivos da qualidade (5.4.1. Objetivos da qualidade) O Planejamento do sistema de gestão da qualidade deve...
O requisito 5.5 - Responsabilidade, autoridade e comunicação, da ISO 9001:2008, trata da responsabilidade que a direção de uma empresa, que trabalha com um sistema de gestão da qualidade tem em definir os seguintes itens: Responsabilidades: Dentro do sistema de gestão da qualidade, diversos processos são identificados. Para cada um desses processos, muitas tarefas são definidas para que os requisitos do...
Uma das exigências do sistema de gestão da qualidade baseada na ISO 9001 é a divisão da empresa em processos. Esses processos devem prever cada etapa da realização do produto, dos processos relacionados ao sistema de gestão e de processos de apoio, como recursos humanos e manutenção. Cada um desses processos possui uma série de tarefas a serem realizadas,...
Para representar a direção em assuntos relacionados ao sistema de gestão da qualidade, a direção da organização deve nomear um membro da administração. Esse membro nomeado será chamado de Representante da Direção ou RD. Algumas empresas usam o termo RA – Representante da Alta Direção. O RD não precisa ser um membro da direção, mesmo porque, se assim o fosse,...
O sucesso de uma organização, cuja gestão é embasada na qualidade, depende de cada um dos seus colaboradores. Sabendo isso, a ISO 9001:2008 no seu requisito 5.5.3 – Comunicação interna, solicita que a organização estabeleça um processo de comunicação eficiente. Para deixar claro do que se trata, vamos recorrer ao dicionário Aurélio: comunicação 1.Ato ou efeito de...
Compete a direção da empresa, fazer uma análise crítica tanto do sistema de gestão da qualidade quanto da adequação dos produtos aos requisitos do cliente. Para entendermos bem o conceito de análise crítica, vamos recorrer ao dicionário Aurélio para esclarecer alguns pontos importantes: análise 1.Ato ou efeito de analisar. 2.Separação ou desagregação das diversas partes constituintes...
A ISO 9001:2008, no seu requisito 5.6.1 – Generalidades da Análise crítica pela direção, cobra da organização a realização de um planejamento para analisar criticamente o sistema de gestão da qualidade. Esse planejamento deve incluir: Um agendamento das reuniões de análises críticas com a diretoria. Essas reuniões devem ocorrer pelo menos a cada ano, para demonstrar o comprometimento e o...
Previamente à reunião de análise crítica propriamente dita, o comitê formado pela organização e liderado pelo RD – Representante da Direção, deve coletar algumas informações, para apresentar de maneira clara e ordenada à diretoria no momento da reunião. A essas informações, a ISO 9001 chama de entradas para a análise crítica. Deve obrigatoriamente ser considerado como entrada para análise crítica...
A ISO 9001:2008 no seu requisito 5.6.3 - Saídas da análise crítica, solicita da organização que mantenha em arquivo os resultados obtidos durante a reunião. A esses resultados, a ISO 9001 chama de saídas da análise crítica. Dentre as possíveis saídas, são consideradas obrigatórias as seguintes: Decisões e ações de melhoria da eficácia do sistema de gestão da qualidade; Decisões e...
Vamos recorrer aos especialistas para entender melhor do que se trata o requisito 6 – Gestão de recursos, da ISO 9001:2008. Procurando no dicionário Michaelis encontramos o seguinte: recurso 3 Aquilo de que se lança mão para vencer uma dificuldade ou um embaraço. 4 Meio apropriado para chegar a um fim difícil de ser alcançado.
Para deixar claro o item 6.1 – Provisão de recursos da ISO 9001:2008, vamos esclarecer o significado de “provisão de recursos”. No dicionário Michaelis, encontramos o seguinte: provisão 1 Ato ou efeito de prover. 2 Abastecimento de coisas necessárias ou proveitosas. prover 1 Tomar providências a respeito de; dispor, ordenar, regular. 2 Abastecer,...
Nenhuma empresa consegue ser bem sucedida nem realizar produtos e prestar serviços com qualidade sem contar com um quadro de colaboradores competentes e bem treinados para cada uma das funções relacionadas ao atendimento aos requisitos do produto. A ISO 9001:2008 no requisito 6.2 – Recursos humanos, descreve como os recursos humanos de uma organização devem ser gerenciados para que a...
Antes de mais nada, vamos entender o significado de competência, que é a palavra chave desse importante requisito da ISO 9001:2008. O dicionário Michaelis define competência da seguinte forma: competência 2 Faculdade para apreciar e resolver qualquer assunto. 3 Aptidão, idoneidade. 4 Presunção de igualdade. Antônimo: incompetência. Já, a ISO 9000:2005 define competência da seguinte...
A gestão de competências deve prever uma série de etapas para garantir que cada um dos colaboradores que possam afetar o atendimento aos requisitos do produto tenha condições de desempenhar seu papel com a devida maestria. A ISO 9001:2008 no seu requisito 6.2.2 - Competência, treinamento e conscientização, exige o seguinte das organizações: Que determine, para cada função que afete a...
Antes de iniciarmos o assunto, vamos consultar o significado da palavra infra-estrutura ou infraestrutura, segundo a nova ortografia. No Dicionário Michaelis encontramos: infra-estrutura sf (infra+estrutura) 1 Parte inferior de uma estrutura. 2 Sociol Segundo o marxismo, divisão da sociedade em forças produtivas (homem e material necessário à produção) e relações de produção (classes, instituições etc.). 3 Econ polít...
Para entendermos melhor o conceito de ambiente de trabalho em uma organização, primeiro vamos entender o significado de ambiente. No dicionário Michaelis, encontramos o seguinte: Ambiente 1 Que envolve os corpos por todos os lados. 2 Aplica-se ao ar que nos rodeia, ou ao meio em que vive cada um. 1 O ar que respiramos...
A ISO 9001:2008 no seu item 7 - Realização do produto, relaciona com detalhes cada fase da realização de um produto ou prestação de um serviço. Basicamente, ela se divide em seis grandes pares: Planejamento; Processos relacionados ao cliente; Projeto e desenvolvimento; Compras; Produção e prestação de serviço; Controle de equipamentos de monitoramento e medição. Cada um desses requisitos possui suas peculiaridades e exigências próprias, portanto,...
A organização deve planejar muito bem antes de iniciar uma produção. Esse planejamento deve ser adequado ao produto que está sendo feito e ao efeito que uma eventual falha pode acarretar para o usuário. Imagine que estejamos produzindo bolinhas de ping-pong. Qual a gravidade de uma falha na produção para o cliente final? Agora imagine que estejamos fabricando um marca-passos...
A ISO 9001:2008 dedica o item 7.2 – Processos relacionados ao cliente, a tratar de todo o trâmite de informações e comunicação entre o cliente e a organização, no momento da venda dos produtos ou serviços e também nos processos chamados de pós-vendas. Entende-se por pós-vendas todo o serviço prestado após a confirmação da entrega do produto pelo cliente. Nesse...
Muitas vezes, o cliente ao solicitar um produto ou serviço, especifica alguns detalhes, como quantidade, tipo de produto ou serviço e data desejada. A isso, chamamos de requisitos declarados. Porém, os requisitos declarados são apenas uma parte de todos os requisitos que uma organização deve considerar ao receber um pedido de compras. A ISO 9001:2008 no seu item 7.2.1 -...
É fundamental para o sucesso de uma organização poder comunicar-se claramente com os seus clientes. O processo de comunicação não consiste apenas em enviar uma mensagem ao cliente, tão pouco ter um endereço de e-mail para reclamação, o processo de comunicação deve ser um envio de uma informação, o entendimento, por parte do receptor e a confirmação desse entendimento. Para...
Antes de mais nada, devemos entender claramente o que significa “projeto e desenvolvimento”. Para isso, vamos recorrer ao dicionário Aurélio: projeto 1.Idéia que se forma de executar ou realizar algo, no futuro; plano, intento, desígnio. 2.Empreendimento a ser realizado dentro de determinado esquema: desenvolvimento
Como o projeto e desenvolvimento, geralmente, envolvem diversas áreas da organização, um bom início para o planejamento do projeto e desenvolvimento é a organização definir e gerenciar as interfaces entre os grupos envolvidos, de forma que o projeto e desenvolvimento possam decorrer de maneira harmoniosa, apesar das diferenças entre áreas e lideranças. A ISO 9001:2008 no seu item 7.3.1 -...
A ISO 9001:2008 no item 7.3.2 – Entradas de projeto e desenvolvimento, define algumas entradas obrigatórias para o projeto e desenvolvimento. Entende-se, nesse caso, como entradas, todas as informações e documentos que devem fazer parte integrante do projeto e desenvolvimento. Essas entradas devem ser devidamente documentadas e anexadas ao processo, e deve haver evidências de que todas foram consideradas...
Entende-se por saídas de projeto e desenvolvimento o fruto de todo o trabalho realizado pela equipe de projetos para atender ao que foi considerado nas entradas. As entradas, logicamente, devem ter sido previamente definidas, o item da ISO 9001:2008 que trata disso é o item 7.3.2. Entradas de projeto...
Por definição, planejamento estratégico consiste da formulação da estratégia, da sua execução e da avaliação da estratégia. O dicionário Aurélia diz o seguinte sobre estratégia: estratégia 1.Arte militar de planejar e executar movimentos e operações de tropas, navios e/ou aviões, visando a alcançar ou manter posições relativas e potenciais bélicos favoráveis a futuras ações táticas sobre determinados...
Antes de se dar por concluído o projeto e desenvolvimento de um produto, software ou serviço, deve-se ter certeza do atendimento do projeto e desenvolvimento aos requisitos previamente determinados. No item 7.3.1 - Planejamento do projeto e desenvolvimento da ISO 9001:2008, é requerido que a organização defina e documente o...
A IEC – International Electrotechnical Commission, importante empresa de normatização internacional do ramo de tecnologia de eletro-eletrônicos, acaba de liberar a norma IEC 62684:2011 - Especificações de Interoperabilidade de fonte de alimentação externa comum para uso com dados habilitada para telefones móveis. Essa norma propõe a unificação de todos os carregadores de aparelhos celulares no mundo. De acordo com a...
Durante, ou até mesmo após a conclusão de um projeto ou de um desenvolvimento, podem ser identificadas oportunidades de melhoria daquilo que já foi realizado. Quando isso ocorre, a ISO 9001:2008 no item 7.3.7 – Controle de alterações de projeto e desenvolvimento, exige da organização que essas alterações sejam devidamente controladas. Buscando no Dicionário Aurélio, encontramos: controle 1.Ato,...
image_pdf