ISO 9001:2008 – 5.4.2. Planejamento do sistema de gestão da qualidade

image_pdf

Antes de dar-se início ao planejamento do sistema de gestão da qualidade, é fundamental que a organização já tenha cumprido duas importantes etapas:

  1. A definição dos requisitos do sistema de gestão da qualidade (4.1. Requisitos gerais – Sistema de gestão da qualidade) e
  2. A definição dos objetivos da qualidade (5.4.1. Objetivos da qualidade)

O Planejamento do sistema de gestão da qualidade deve ser devidamente documentado para garantir o registro do seu andamento. Como vimos no item 5.4 – Planejamento, o planejamento deve detalhar como e quando cada etapa do plano será cumprida. Além disso, é prudente que haja um claro plano de ação, detalhando até que ponto cada etapa será realizada e indicando as devidas mudanças de plano.

Basicamente, o planejamento do sistema de gestão da qualidade deve considerar:

  • Definição dos processos necessários para o sistema de gestão da qualidade;
  • Definição das atividades e aplicações dos processos por toda a empresa;
  • Determinação das seqüências e interações entre os processos, normalmente, através de um macro-processo;
  • Determinação, para cada processo, dos critérios e métodos para garantir que a operação dos processos e seus controles estejam sendo eficazes;
  • Identificar os objetivos de cada processo e função, a fim de cumprir a política da qualidade;
  • Identificar os indicadores de desempenho individuais e coletivos para orientar e direcionar os esforços para os objetivos da qualidade;
  • Estipular metas para atingir os objetivos;
  • Disponibilidade de recursos humanos, materiais, instalações e informações necessárias para o processo, seu monitoramento e medição;
  • Monitorar e medir cada processo, sempre que possível e adequado;
  • Prever a tomada de ações corretivas para sanar eventuais problemas;
  • Prever a tomada de ações preventivas para evitar futuras não conformidades;
  • Prever oportunidades para identificar ações de melhoria contínua.

Esse planejamento deve ser realizado considerando o ciclo PDCA, de Shewhart ou de Deming, de melhoria contínua, de forma que a gestão da qualidade não seja um projeto com começo, meio e fim, mas um sistema auto-sustentável, melhorando e se reinventando a cada dia.

Veja o que a ISO 9001:2008 nos tem a dizer:

A Alta Direção deve assegurar que

a)        o planejamento do sistema de gestão da qualidade seja realizado de forma a satisfazer os requisitos citados em 4.1, bem como os objetivos da qualidade, e

b)        a integridade do sistema de gestão da qualidade seja mantida quando mudanças no sistema de gestão da qualidade são planejadas e implementadas.

image_pdf

Alvaro Freitas

Graduado em Engenharia Elétrica pela Faculdade de Engenharia São Paulo, Especialista em Gestão da Produção pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar , Engenheiro da Qualidade pela Poli-USP e Especialista em Educação em Ambientes Virtuais pela Universidade Cruzeiro do Sul - UniCSul. Atuou por mais de 20 anos na indústria Automotiva e 10 anos na indústria de Telecomunicações. Autor de 3 livros relacionados a sistemas de gestão e educação online.

Website: http://academiaplatonica.com.br

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.