ISO 9001:2008 – 5.5.2. Representante da direção

image_pdf

Para representar a direção em assuntos relacionados ao sistema de gestão da qualidade, a direção da organização deve nomear um membro da administração. Esse membro nomeado será chamado de Representante da Direção ou RD. Algumas empresas usam o termo RA – Representante da Alta Direção.

O RD não precisa ser um membro da direção, mesmo porque, se assim o fosse, seria a própria direção e não um representante dela. A intenção de um representante, é exatamente, alguém que possa estar presente, independente das suas responsabilidades já assumidas, em assuntos relacionados ao sistema e à certificação ISO 9001. Dependendo do porte da empresa, o RD pode tranquilamente exercer outra função, relacionada ou não com a qualidade. Em empresas com diversas filiais, é comum termos um RD global e vários RDs regionais, reportando a ele.

Apesar da ISO 9001:2008 não detalhar, algumas competências devem ser consideradas na escolha do RD, dentre elas podemos relacionar:

  • Habilidade interpessoal;
  • Domínio das normas da família ISO 9000;
  • Experiência com auditorias internas;
  • Boa desenvoltura verbal e escrita;
  • Conhecimento da empresa como um todo;
  • Bom relacionamento entre todas as funções e níveis da empresa;
  • Capacidade de liderança;
  • Comprometimento com o sistema;
  • Estar motivado e motivar; entre tantas outras.

Dentre as atribuições de um RD, podemos citar:

  • Estabelecer os processos necessários para o sistema de gestão da qualidade;
  • Implementar os processos estabelecidos;
  • Manter os processos implementados;
  • Relatar o desempenho do sistema de gestão da qualidade para a direção;
  • Relatar as necessidades de melhoria no sistema;
  • Conscientizar a todos sobre os requisitos do cliente;
  • Acompanhar as auditorias de certificação e recertificação;
  • Representar a direção em assuntos externos ligados ao sistema de gestão da qualidade.

Veja o que a ISO 9001:2008 nos tem a dizer:

A Alta Direção deve indicar um membro da administração da organização que, independentemente de outras responsabilidades, deve ter responsabilidade e autoridade para

a) assegurar que os processos necessários para o sistema de gestão da qualidade sejam estabelecidos, implementados e mantidos,

b) relatar à Alta Direção o desempenho do sistema de gestão da qualidade e qualquer necessidade de melhoria, e

c) assegurar a promoção da conscientização sobre os requisitos do cliente em toda a organização.

NOTA A responsabilidade de um representante da direção pode incluir a ligação com partes externas em assuntos relativos ao sistema de gestão da qualidade.

image_pdf

Alvaro Freitas

Graduado em Engenharia Elétrica pela Faculdade de Engenharia São Paulo, Especialista em Gestão da Produção pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar , Engenheiro da Qualidade pela Poli-USP e Especialista em Educação em Ambientes Virtuais pela Universidade Cruzeiro do Sul - UniCSul. Atuou por mais de 20 anos na indústria Automotiva e 10 anos na indústria de Telecomunicações. Autor de 3 livros relacionados a sistemas de gestão e educação online.

Website: http://academiaplatonica.com.br

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *