ISO 9001:2008 – 7.3.5. Verificação de projeto e desenvolvimento

image_pdf

Antes de se dar por concluído o projeto e desenvolvimento de um produto, software ou serviço, deve-se ter certeza do atendimento do projeto e desenvolvimento aos requisitos previamente determinados.

No item 7.3.1 – Planejamento do projeto e desenvolvimento da ISO 9001:2008, é requerido que a organização defina e documente o planejamento do projeto e do desenvolvimento. Nesse planejamento, há que ser definidas as saídas, ou seja, o resultado que se pretende do projeto e desenvolvimento. Nesse item em questão, o 7.3.5 – Verificação de projeto e desenvolvimento, a ISO 9001:2008 solicita à equipe de desenvolvimento e projeto que verifique se os objetivos foram atingidos.

Por exemplo, a uma fábrica de cabos, se solicita o projeto de um cabo verde limão com dois pares internos, vermelho e preto com veia de cobre de 6mm2. O projeto é feito e o protótipo produzido. Chega então a fase de verificação. Nessa fase, uma amostra é levada ao laboratório, onde será verificado o cabo físico com o que foi solicitado. Ou seja, entradas contra as saídas, sendo as entradas o seguinte:

  • Cor do cabo: verde limão;
  • Cor de uma veia interna: vermelha;
  • Cor de uma veia interna: preta;
  • Material do condutor: cobre;
  • Área dos condutores: 6mm2.

Já a saída é o cabo pronto. O que faremos na fase de verificação é ver se o cabo é verde e as veias são vermelha e preta. Faremos um teste elétrico para verificar se o condutor é realmente de cobre e mediremos a sessão transversal da corda para ter certeza de que o que foi produzido tem 6mm2 com a devida tolerância.

Logicamente, a verificação pode simplesmente gerar um relatório de aprovação. Nesse caso, o mesmo tem que ser guardado como um registro do projeto e desenvolvimento conforme reza o item 4.2.4 – Controle de registros da qualidade. Pode também acontecer da verificação detectar uma diferença entre as entradas e as saídas, nesse caso, uma ação deve ser tomada. Quando isso acontece, além do relatório de verificação, o plano de ação para corrigir o produto ou revisar as entradas – especificações, devem ser igualmente mantidos como registro do projeto e desenvolvimento.

Veja o que a ISO 9001:2008 nos tem a dizer:

A verificação deve ser executada conforme disposições planejadas (ver 7.3.1), para assegurar que as saídas do projeto e desenvolvimento estejam atendendo aos requisitos de entrada do projeto e desenvolvimento. Devem ser mantidos registros dos resultados da verificação e de quaisquer ações necessárias (ver 4.2.4).

image_pdf

Alvaro Freitas

Graduado em Engenharia Elétrica pela Faculdade de Engenharia São Paulo, Especialista em Gestão da Produção pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar , Engenheiro da Qualidade pela Poli-USP e Especialista em Educação em Ambientes Virtuais pela Universidade Cruzeiro do Sul - UniCSul. Atuou por mais de 20 anos na indústria Automotiva e 10 anos na indústria de Telecomunicações. Autor de 3 livros relacionados a sistemas de gestão e educação online.

Website: http://academiaplatonica.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.