Antes de iniciarmos a interpretação do item 4.2 – Requisitos de documentação da ISO 9001:2008, vamos consultar o dicionário Michaelis para garantir a correta interpretação do item: requisito 1 Condição a que se deve satisfazer para que uma coisa fique legal e regular. 2 Exigência imprescindível para a consecução de certo fim. documentação 1...
Para que um sistema de gestão da qualidade possa ser considerado seguro e confiável, em primeiro lugar, as rotinas e as tarefas principais devem ser padronizadas. Imagine que uma telefonista atenda ao telefone de maneira diferente cada vez que ele toca. Não vou nem falar de baixa qualidade ou insatisfação. Vamos supor que um cliente importante comente que adorou...
O Manual da Qualidade é um livro onde cada empresa demonstra aos seus clientes e às partes interessadas a forma com que ela gerencia o sistema como um todo. Imagine que se um cliente deseja saber mais sobre a sua empresa, para poder decidir se confia nela ou não, a princípio, ele irá conhecer a Política da Qualidade. Se...
Saiba mais sobre a ABNT NBR ISO 9001:2008 - Sistemas de gestão da qualidade - Requisitos   Implementar e manter um Sistema de Gestão da Qualidade baseado na norma ISO 9001 A Família ISO 9000
Um sistema de gestão da qualidade, por mais simples que seja, deve possuir diversos documentos. Os documentos possuem uma importante tarefa no sistema como um todo, são eles quem mantém os padrões definidos e estabelecem a regularidade com que os processos são executados. Imagine que uma empresa tenha um processo altamente eficaz. Em um determinado momento, os funcionários desse...
Antes de mais nada, temos que entender o significado da palavra registro. Para isso, vamos recorrer ao dicionário Michaelis: registro 1 Ato ou efeito de registrar. registrar 6 Marcar com regularidade (as observações meteorológicas; o consumo de água, de energia, de gás; o trabalho de uma máquina etc.). A princípio podemos concluir que registros são anotações...
A ISO 9001:2008 cobra da direção das empresas que almejam ter um sistema de gestão da qualidade implantado, uma série de tarefas. O item 5 – Responsabilidade da direção e seus subitens narram cada uma das principais atividades. Basicamente, a ISO 9001:2008 solicita o comprometimento da direção através da comunicação com os colaboradores informando-os sobre a decisão sobre um sistema...
Mais importante do que a alta direção de uma empresa estar comprometida com o desenvolvimento, com a implementação e com a melhoria contínua do sistema de gestão da qualidade, é a organização poder evidenciar esse comprometimento. Imagine que a empresa seja daquelas que o funcionário mal conhece a direção. Vamos supor que a direção esteja altamente comprometida com o sistema...
Cada empresa pode decidir onde será dado o foco da sua administração. As formais mais comuns são: foco na empresa e foco no cliente. Uma organização administrada com foco na empresa tem como indicadores principais a lucratividade, a participação no mercado entre outros. Com essa mentalidade, a empresa decide sobre os requisitos do produto tendo em mente no que vai...
A Política da Qualidade descrita no item 5.3 da ISO 9001:2008, nada mais é do que uma carta, oficialmente constituída, e portanto, com validade legal, descrevendo a intenção da empresa em gerir seus processos, produtos e serviços com qualidade. Dentre as dúvidas que podem nos vir à mente está o significado da palavra “política”. Para elucidarmos isso, vamos recorrer ao...
A ISO 9001:2008 no seu requisito 5.4 – Planejamento, deixa para a organização uma grande responsabilidade, o de planejar o sistema de gestão da qualidade como um todo. Antes de iniciarmos o assunto, vamos entender o significado da palavra planejamento. O Dicionário Michaelis diz o seguinte: planejamento 1 V planeamento. 2 Ato de projetar um trabalho,...
Como parte do planejamento estratégico da empresa para atender aos requisitos do produto e cumprir a política da qualidade, a organização deve definir, para cada função e nos níveis pertinentes, os respectivos objetivos. O primeiro problema que deparamos é em dividir a responsabilidade da política da qualidade por cada função. Nem sempre essa tarefa é fácil. Vamos supor a função...
Antes de dar-se início ao planejamento do sistema de gestão da qualidade, é fundamental que a organização já tenha cumprido duas importantes etapas: A definição dos requisitos do sistema de gestão da qualidade (4.1. Requisitos gerais - Sistema de gestão da qualidade) e A definição dos objetivos da qualidade (5.4.1. Objetivos da qualidade) O Planejamento do sistema de gestão da qualidade deve...
O requisito 5.5 - Responsabilidade, autoridade e comunicação, da ISO 9001:2008, trata da responsabilidade que a direção de uma empresa, que trabalha com um sistema de gestão da qualidade tem em definir os seguintes itens: Responsabilidades: Dentro do sistema de gestão da qualidade, diversos processos são identificados. Para cada um desses processos, muitas tarefas são definidas para que os requisitos do...
Uma das exigências do sistema de gestão da qualidade baseada na ISO 9001 é a divisão da empresa em processos. Esses processos devem prever cada etapa da realização do produto, dos processos relacionados ao sistema de gestão e de processos de apoio, como recursos humanos e manutenção. Cada um desses processos possui uma série de tarefas a serem realizadas,...
Para representar a direção em assuntos relacionados ao sistema de gestão da qualidade, a direção da organização deve nomear um membro da administração. Esse membro nomeado será chamado de Representante da Direção ou RD. Algumas empresas usam o termo RA – Representante da Alta Direção. O RD não precisa ser um membro da direção, mesmo porque, se assim o fosse,...
O sucesso de uma organização, cuja gestão é embasada na qualidade, depende de cada um dos seus colaboradores. Sabendo isso, a ISO 9001:2008 no seu requisito 5.5.3 – Comunicação interna, solicita que a organização estabeleça um processo de comunicação eficiente. Para deixar claro do que se trata, vamos recorrer ao dicionário Aurélio: comunicação 1.Ato ou efeito de...
Compete a direção da empresa, fazer uma análise crítica tanto do sistema de gestão da qualidade quanto da adequação dos produtos aos requisitos do cliente. Para entendermos bem o conceito de análise crítica, vamos recorrer ao dicionário Aurélio para esclarecer alguns pontos importantes: análise 1.Ato ou efeito de analisar. 2.Separação ou desagregação das diversas partes constituintes...
A ISO 9001:2008, no seu requisito 5.6.1 – Generalidades da Análise crítica pela direção, cobra da organização a realização de um planejamento para analisar criticamente o sistema de gestão da qualidade. Esse planejamento deve incluir: Um agendamento das reuniões de análises críticas com a diretoria. Essas reuniões devem ocorrer pelo menos a cada ano, para demonstrar o comprometimento e o...
Previamente à reunião de análise crítica propriamente dita, o comitê formado pela organização e liderado pelo RD – Representante da Direção, deve coletar algumas informações, para apresentar de maneira clara e ordenada à diretoria no momento da reunião. A essas informações, a ISO 9001 chama de entradas para a análise crítica. Deve obrigatoriamente ser considerado como entrada para análise crítica...
A ISO 9001:2008 no seu requisito 5.6.3 - Saídas da análise crítica, solicita da organização que mantenha em arquivo os resultados obtidos durante a reunião. A esses resultados, a ISO 9001 chama de saídas da análise crítica. Dentre as possíveis saídas, são consideradas obrigatórias as seguintes: Decisões e ações de melhoria da eficácia do sistema de gestão da qualidade; Decisões e...
Vamos recorrer aos especialistas para entender melhor do que se trata o requisito 6 – Gestão de recursos, da ISO 9001:2008. Procurando no dicionário Michaelis encontramos o seguinte: recurso 3 Aquilo de que se lança mão para vencer uma dificuldade ou um embaraço. 4 Meio apropriado para chegar a um fim difícil de ser alcançado.
Para deixar claro o item 6.1 – Provisão de recursos da ISO 9001:2008, vamos esclarecer o significado de “provisão de recursos”. No dicionário Michaelis, encontramos o seguinte: provisão 1 Ato ou efeito de prover. 2 Abastecimento de coisas necessárias ou proveitosas. prover 1 Tomar providências a respeito de; dispor, ordenar, regular. 2 Abastecer,...
Nenhuma empresa consegue ser bem sucedida nem realizar produtos e prestar serviços com qualidade sem contar com um quadro de colaboradores competentes e bem treinados para cada uma das funções relacionadas ao atendimento aos requisitos do produto. A ISO 9001:2008 no requisito 6.2 – Recursos humanos, descreve como os recursos humanos de uma organização devem ser gerenciados para que a...
Antes de mais nada, vamos entender o significado de competência, que é a palavra chave desse importante requisito da ISO 9001:2008. O dicionário Michaelis define competência da seguinte forma: competência 2 Faculdade para apreciar e resolver qualquer assunto. 3 Aptidão, idoneidade. 4 Presunção de igualdade. Antônimo: incompetência. Já, a ISO 9000:2005 define competência da seguinte...
A gestão de competências deve prever uma série de etapas para garantir que cada um dos colaboradores que possam afetar o atendimento aos requisitos do produto tenha condições de desempenhar seu papel com a devida maestria. A ISO 9001:2008 no seu requisito 6.2.2 - Competência, treinamento e conscientização, exige o seguinte das organizações: Que determine, para cada função que afete a...
Antes de iniciarmos o assunto, vamos consultar o significado da palavra infra-estrutura ou infraestrutura, segundo a nova ortografia. No Dicionário Michaelis encontramos: infra-estrutura sf (infra+estrutura) 1 Parte inferior de uma estrutura. 2 Sociol Segundo o marxismo, divisão da sociedade em forças produtivas (homem e material necessário à produção) e relações de produção (classes, instituições etc.). 3 Econ polít...
Para entendermos melhor o conceito de ambiente de trabalho em uma organização, primeiro vamos entender o significado de ambiente. No dicionário Michaelis, encontramos o seguinte: Ambiente 1 Que envolve os corpos por todos os lados. 2 Aplica-se ao ar que nos rodeia, ou ao meio em que vive cada um. 1 O ar que respiramos...
A ISO 9001:2008 no seu item 7 - Realização do produto, relaciona com detalhes cada fase da realização de um produto ou prestação de um serviço. Basicamente, ela se divide em seis grandes pares: Planejamento; Processos relacionados ao cliente; Projeto e desenvolvimento; Compras; Produção e prestação de serviço; Controle de equipamentos de monitoramento e medição. Cada um desses requisitos possui suas peculiaridades e exigências próprias, portanto,...
A organização deve planejar muito bem antes de iniciar uma produção. Esse planejamento deve ser adequado ao produto que está sendo feito e ao efeito que uma eventual falha pode acarretar para o usuário. Imagine que estejamos produzindo bolinhas de ping-pong. Qual a gravidade de uma falha na produção para o cliente final? Agora imagine que estejamos fabricando um marca-passos...
A ISO 9001:2008 dedica o item 7.2 – Processos relacionados ao cliente, a tratar de todo o trâmite de informações e comunicação entre o cliente e a organização, no momento da venda dos produtos ou serviços e também nos processos chamados de pós-vendas. Entende-se por pós-vendas todo o serviço prestado após a confirmação da entrega do produto pelo cliente. Nesse...
Muitas vezes, o cliente ao solicitar um produto ou serviço, especifica alguns detalhes, como quantidade, tipo de produto ou serviço e data desejada. A isso, chamamos de requisitos declarados. Porém, os requisitos declarados são apenas uma parte de todos os requisitos que uma organização deve considerar ao receber um pedido de compras. A ISO 9001:2008 no seu item 7.2.1 -...
É fundamental para o sucesso de uma organização poder comunicar-se claramente com os seus clientes. O processo de comunicação não consiste apenas em enviar uma mensagem ao cliente, tão pouco ter um endereço de e-mail para reclamação, o processo de comunicação deve ser um envio de uma informação, o entendimento, por parte do receptor e a confirmação desse entendimento. Para...
Antes de mais nada, devemos entender claramente o que significa “projeto e desenvolvimento”. Para isso, vamos recorrer ao dicionário Aurélio: projeto 1.Idéia que se forma de executar ou realizar algo, no futuro; plano, intento, desígnio. 2.Empreendimento a ser realizado dentro de determinado esquema: desenvolvimento
Como o projeto e desenvolvimento, geralmente, envolvem diversas áreas da organização, um bom início para o planejamento do projeto e desenvolvimento é a organização definir e gerenciar as interfaces entre os grupos envolvidos, de forma que o projeto e desenvolvimento possam decorrer de maneira harmoniosa, apesar das diferenças entre áreas e lideranças. A ISO 9001:2008 no seu item 7.3.1 -...
A ISO 9001:2008 no item 7.3.2 – Entradas de projeto e desenvolvimento, define algumas entradas obrigatórias para o projeto e desenvolvimento. Entende-se, nesse caso, como entradas, todas as informações e documentos que devem fazer parte integrante do projeto e desenvolvimento. Essas entradas devem ser devidamente documentadas e anexadas ao processo, e deve haver evidências de que todas foram consideradas...
Entende-se por saídas de projeto e desenvolvimento o fruto de todo o trabalho realizado pela equipe de projetos para atender ao que foi considerado nas entradas. As entradas, logicamente, devem ter sido previamente definidas, o item da ISO 9001:2008 que trata disso é o item 7.3.2. Entradas de projeto...
Por definição, planejamento estratégico consiste da formulação da estratégia, da sua execução e da avaliação da estratégia. O dicionário Aurélia diz o seguinte sobre estratégia: estratégia 1.Arte militar de planejar e executar movimentos e operações de tropas, navios e/ou aviões, visando a alcançar ou manter posições relativas e potenciais bélicos favoráveis a futuras ações táticas sobre determinados...
Antes de se dar por concluído o projeto e desenvolvimento de um produto, software ou serviço, deve-se ter certeza do atendimento do projeto e desenvolvimento aos requisitos previamente determinados. No item 7.3.1 - Planejamento do projeto e desenvolvimento da ISO 9001:2008, é requerido que a organização defina e documente o...
A IEC – International Electrotechnical Commission, importante empresa de normatização internacional do ramo de tecnologia de eletro-eletrônicos, acaba de liberar a norma IEC 62684:2011 - Especificações de Interoperabilidade de fonte de alimentação externa comum para uso com dados habilitada para telefones móveis. Essa norma propõe a unificação de todos os carregadores de aparelhos celulares no mundo. De acordo com a...
Durante, ou até mesmo após a conclusão de um projeto ou de um desenvolvimento, podem ser identificadas oportunidades de melhoria daquilo que já foi realizado. Quando isso ocorre, a ISO 9001:2008 no item 7.3.7 – Controle de alterações de projeto e desenvolvimento, exige da organização que essas alterações sejam devidamente controladas. Buscando no Dicionário Aurélio, encontramos: controle 1.Ato,...
Ao longo da história dos processos produtivos e administrativos, as organizações têm crescido em tamanho, complexidade e requisitos. Para assegurar a qualidade, a eficácia e a eficiência do todo, as organizações se subdividiram em processos que apresentam características exclusivas e resultados que podem vir a ser medidos e avaliados. Considerando que cada processo deve possuir entradas e saídas, diversas são...
Para que o processo produtivo de uma empresa possa funcionar bem, as suas entradas devem ser devidamente controladas, esses controles devem ser realizados em todo o processo de aquisição. O processo de aquisição consiste das seguintes etapas: Definição das características do produto – especificação; Escolha do Fornecedor – homologação; Avaliação da capacidade do fornecedor em produzir e fornecer o item – qualificação; Verificação...
A ISO 9001:2008 no seu item 7.4.1 – Processo de aquisição, deixa clara a importância de se estabelecer processos que assegurem a qualidade nos produtos adquiridos e que serão utilizados na produção ou no fornecimento de serviços da organização. Por exemplo: Uma montadora de automóveis deve garantir que os pneus adquiridos tenham qualidade, caso contrário, a qualidade do veículo fabricado...
Para que o fornecedor tenha condições para fornecer a matéria prima, o produto ou o serviço que a organização precisa, antes de mais nada, a organização deve possuir uma boa documentação descrevendo o produto a ser adquirido. Essa descrição deve ser tão detalhada quanto for a complexidade do produto ou serviço e a sua importância para a qualidade do...
Nesse momento, já escolhemos os fornecedores baseados em critérios de qualidade e especificamos detalhadamente o material que desejamos receber. Porém, isso não é tudo. A ISO 9001:2008 no item 7.4.3 – Verificação do produto adquirido, nos orienta a implementar inspeções ou outras atividades no momento do recebimento de tal forma que a organização possa, com certa margem de confiança,...
No item 7.5 – Produção e prestação de serviço, a ISO 9001:2008 divide as atividades produtivas em cinco grandes grupos, que tratam do controle produtivo da empresa, da validação dos processos, da identificação e rastreabilidade dos produtos, da guarda dos produtos dos clientes e da preservação dos materiais e produtos acabados do seu recebimento até a entrega nas mãos...
Existe uma diferença bastante importante entre verificar e validar. A ISO9000 diz o seguinte: VERIFICAÇÃO comprovação, através de fornecimento de evidência objetiva, de que requisitos especificados foram atendidos NOTA 1 O termo “verificado” é usado para designar uma situação correspondente. NOTA 2 A comprovação pode compreender atividades tais como: - Elaboração de cálculos alternativos; -...
Vamos iniciar consultando um bom dicionário para entendermos o item 7.5.3 – Identificação e rastreabilidade. O dicionário Aurélio nos diz: identificação 1.Ato ou efeito de identificar(-se). 2.Reconhecimento duma coisa ou dum indivíduo como os próprios. identificar 2.Determinar a identidade (2 e 3) de. 3.Determinar a origem, a natureza, as...
A ISO 9001 no seu item 7.5.4 – Propriedade do cliente, diz que tudo que for de propriedade do Cliente, deve ser cuidado de maneira especial. Entende-se como propriedade do cliente: produtos para serem incorporados ou trabalhado, por exemplo: o cliente manda peças metálicas para fazer tratamento de superfície. Essas peças metálicas são de propriedade do cliente; o cliente manda uma fibra...
Consultando rapidamente o significado da palavra “preservar” no dicionário, encontramos: pre.ser.var transitivo direto ou indireto ou pronominal manter(-se) livre de algum mal, dano ou perigo futuro; resguardar(-se), defender(-se) cuidar(-se) Ou seja, o item 7.5.5 – Preservação do produto, cobra da organização que mantenha seus produtos protegidos de qualquer coisa que possa danificá-lo agora ou no futuro. Com isso,...
A ISO 9001:2008 no seu item 7.6 - Controle de equipamento de monitoramento e medição exige que a organização determine quais os equipamentos de monitoramento e medição são necessários para gerar evidências sobre a conformidade dos produtos. Ou seja, deve haver uma relação de todos os instrumentos usados na medição e monitoramento dos produtos, por...
O capítulo 8 da ISO 9001:2008 é destinado a monitorar e medir o sistema de gestão da Qualidade, fornecendo dados para uma análise adequada e embasada em fatos confiáveis. Com essa análise, poder promover a melhoria contínua dos seus processos, produtos e serviços, levando à Satisfação do Cliente. A seguir, vemos a estrutura desse importante capítulo:
A ISO 9001:2008 no seu item 8.1 – Generalidades de medição, análise e melhoria, solicita da organização o planejamento e a correta implantação dos processos que assegurem as três principais etapas de um processo de melhoria sustentável, são eles: a medição; a análise do que foi medido; e a melhoria, baseada nas informações previamente coletadas e analisadas. Como resultado desse processo, a organização...
A ISO 9001:2008 no seu item 8.2 – Monitoramento e medição, exige que a organização mantenha um processo constante de monitoramento e quando necessário, medições de diversos pontos da organização. Os resultados desses monitoramentos e medições irão alimentar e retro-alimentar todo o sistema, fazendo com que a Direção e os Gestores, tenham...
Para atender ao item 8.2.1 – Satisfação dos clientes, a organização deve monitorar não somente a satisfação, mas também a insatisfação do Cliente, pois, nem sempre se pode contar com a manifestação positiva ou negativa dos Clientes. Diversos são as ferramentas e mecanismos que a organização pode dispor para realizar esse monitoramento. O mais importante é...
A ISO9001 possui uma lista de requisitos para um sistema de gestão da qualidade. Do capítulo 4 até o capítulo 8, tudo que está escrito deve ser cumprido. Além disso, no item 7.1 - Planejamento da realização do produto, a organização deve fazer um plano para produzir e realizar...
Nos dias atuais, raros são os casos de organizações que podem se dar ao luxo de desempenhar suas atividades sem a preocupação no desempenho dos seus processos. Num mundo globalizado, os consumidores possuem cada vez mais facilidades em comparar e optar por produtos que melhor satisfaçam as suas necessidades e desejos, sejam eles, preço, qualidade ou atendimento, sejam eles...
O ciclo de PDCA, é uma maneira organizada de se fazer as coisas, seja na solução de um problema, seja na hora de se fazer algo novo ou até mesmo nas tarefas do dia-a-dia. A maioria das empresas que têm um sistema de gestão utilizam essa mesma seqüência, garantindo que o que se quis fazer ficou bem feito e...
Para entendermos bem esse item, primeiramente devemos identificar o que a ISO chama de “Processos do Sistema de Gestão da Qualidade”. No item 4.1 – Requisitos Gerais, a ISO 9001:2008 começa solicitando que a organização identifique todos os processos relacionados ao sistema. Já no item 4.2.2 – Manual da Qualidade, a norma diz que os processos e as devidas...
Durante a transição dos séculos XIX e XX, surgem tanto nos Estados Unidos quanto na Inglaterra as primeiras consultorias organizacionais. Devido ao grande aumento na complexidade das indústrias principalmente nos Estados Unidos, começa a surgir a necessidade de profissionais especializados, como por exemplo, Engenheiros, Contadores e Advogados. Essa demanda seria então suprida pelos Consultores, profissionais com larga experiência em...
A NR 26 – Sinalização de Segurança, trata no seu item 26.1.5.2 do uso da cor vermelha dentro de uma empresa. A norma alerta que o vermelho NÃO poderá ser usado na indústria para indicar situações de perigo, pois, ao contrário do que se pensa, o vermelho é de pouca visibilidade, principalmente se comparada ao
Os dicionários não parecem nos ajudar muito. O dicionário Aurélio nos traduz medir e medição da seguinte forma: medir Verbo transitivo direto. 1.Determinar ou verificar, tendo por base uma escala fixa, a extensão, medida, ou grandeza de; comensurar: medição Substantivo feminino. 1.Ato ou efeito de medir; medida. 5.Fís. Medida. Ele nos define ainda a...
No item 7.1 - Planejamento da realização do produto a ISO 9001:2008 diz que a organização deve planejar a realização do produto tendo como base os seus requisitos. A norma fala também que deve ser planejada a: Verificação; Validação; Monitoramento; Medição; Inspeção; e Atividades de ensaio específicas...
Amostra é uma parte significativa de uma população que represente o todo. Dessa forma, ao analisarmos apenas a amostra, podemos ter uma idéia de toda a população em questão. Imagine que estejamos em uma fábrica de fósforos – essa é clássica. – Como poderemos saber se todos estão funcionando? Se testarmos 100%, não teremos o que vender. Em uma montadora...
Em várias etapas de qualquer processo, fazemos verificações. Essas verificações podem ser formais ou não. Uma inspeção feita pelo departamento da Qualidade é uma inspeção formal, assim como um teste de laboratório ou mesmo o processo de recebimento do nosso Cliente. Existem também as verificações informais, por exemplo, o empacotador, ele tem como função colocar o produto na embalagem,...
O dicionário Michaelis traduz ambiente como: 1 Que envolve os corpos por todos os lados. 2 Aplica-se ao ar que nos rodeia, ou ao meio em que vive cada um. sm 1 O ar que respiramos ou que nos cerca. 2O meio em que vivemos ou em que estamos: Ambiente físico, social, familiar. A. de campus, Inform: área...
Antes de iniciarmos a análise dos dados, a norma nos orienta a seguirmos alguns passos: Determinar os dados a serem analisados: No item 8.2, a norma diz que devemos medir: a Satisfação dos Clientes (8.2.1), o sistema, através de Auditoria Interna(8.2.2), os Processos, no que...
Prevista para entrar em consulta pública ainda em 2010, a futura NR 35 abordará a Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho. “Pensamos em uma norma de gestão integrada, com visão abrangente. Olhamos para o conjunto de riscos e fizemos diferenciações conforme o tamanho das empresas e as complexidades existentes", explica o pesquisador da Fundacentro, Gilmar Trivelato, que fez...
Aferição é o que hoje chamamos de calibração. É o ato de compararmos um instrumento de medição duvidoso com outro instrumento ou padrão confiável. Imagine que um paquímetro, instrumento de medição, cai no chão. Não sabemos se ele está ou não descalibrado, então, com um bloco padrão, um bloco que temos a certeza da sua medida, fazemos o teste e...
Quando, por algum motivo, agimos antecipadamente, a um problema em potencial, chamamos esta ação de “Ação Preventiva”. As ações preventivas podem ser originadas das mais diversas formas, desde uma simples observação até durante uma sofisticada reunião de FMEA.   Saiba mais sobre Ação corretiva: Ação Imediata, Ação Corretiva e Ação Preventiva
No dia 09/03/1983, quando foi promulgada a Portaria n.º 06, a NR 1 – Disposições Gerais, passou a ter no seu primeiro parágrafo o seguinte enunciado: “1.1 As Normas Regulamentadoras - NR, relativas à segurança e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da administração direta e indireta, bem...
Quando ocorre algum problema, a primeira coisa que pensamos é que temos que tomar uma ação. Mas que tipo de ação? A ISO9000 identifica claramente três tipos, a Ação Imediata, a Ação Corretiva e a Ação Preventiva, vamos a elas: Ação Imediata Ação imediata é aquela que tomamos para amenizar as conseqüências do problema.   Ação...
Foi-se o tempo em que uma empresa era concebida e permanecia inalterável por muitos anos. Nesse tempo, dizíamos que a empresa mantinha a tradição. Foi-se também o tempo em que um profissional fazia um curso e não voltava mais para a escola. Você compraria um computador dito “tradicional”, ou prefere um “moderno”? Hoje, as empresas precisam melhorar o tempo todo para...
A ISO 9001:2008 no seu item 8.5.1 - Melhoria Contínua – diz que a organização deve melhorar continuamente a eficácia do sistema de gestão da qualidade. A primeira pergunta que paira é: Melhorar o que e como? Para poder dizer que melhoramos, devemos saber como estávamos e como ficamos. A única forma de fazer isso é medindo e registrando o...
A NR 26 – Sinalização de Segurança em seu item 26.6, define algumas regras que devem ser seguidas para a rotulagem dos produtos perigosos ou nocivos à saúde. A norma diz que todos os rótulos devem ser escritos de maneira clara e de fácil compreensão, a fim de evitar equívocos dos usuários. O enunciado deve deixar evitar os riscos resultantes...
A NR-26 define as cores que devem ser usadas nos locais de trabalho para prevenção de acidentes, identificando os equipamentos de segurança, delimitando áreas, identificando as canalizações empregadas nas indústrias para a condução de líquidos e gases e advertindo contra riscos. Vale lembrar que não é porque os locais estão pintados na cor adequada a essa norma que a empresa...
Qualquer não conformidade identificada deve ser imediatamente tratada, e para isso, deve haver um processo bem definido. A ISO 9001:2008 exige que se tenha um documento definindo o processo de ação corretiva. As ações tomadas devem ser apropriadas à gravidade do problema, ou seja, não podemos dar a mesma prioridade, nem mesmo fazer o mesmo investimento para corrigir um problema...
Antes de mais nada, convém compreendermos o que é uma ação preventiva. Na concepção da palavra, ação preventiva é algo que fazemos para garantir que um problema em potencial nunca venha a ocorrer. Se um Cliente reclama que recebeu um armário faltando uma porta - Tarde demais! - o problema já aconteceu, sendo assim, a ação que devemos tomar é...
O que se entende atualmente por qualidade foi definido por várias pessoas ao longo das últimas décadas. Tamanha foi a importância dessas pessoas, que hoje são conhecidos como os “Gurus” da qualidade, então, ninguém melhor do que eles para responder essa intrigante pergunta. - Segundo FEIGENBAUM, "Qualidade é a correção dos problemas e de suas causas ao longo...
Seguindo os princípios da Qualidade Total, devemos tratar com profissionalismo e de maneira padronizada cada problema relevante encontrado dentro de uma empresa. Existe um método muito eficiente conhecido como MASP, ou Método de Análise e Solução de Problemas. Esse método é baseado no ciclo de PDCA abordado anteriormente, assim que, recomendo que antes de ler essa matéria, leiam a...
Lembrando o conceito: Periodicamente, uma vez por dia, por exemplo, pegamos uma amostra da produção, 5 peças, por exemplo. Dessas peças, medimos uma característica que consideramos importante, por exemplo, o comprimento. Tiramos a média dos resultados e colocamos em um gráfico. Depois de um longo período, podemos concluir qual é o intervalo normal desses valores. Esse intervalo fica entre o Limite...
O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) está desenvolvendo uma linha de atuação que se tornará uma ferramenta para avaliar os aspectos de sustentabilidade de edificações residenciais e comerciais, e também de materiais e produtos no mercado de construção. A ideia dos pesquisadores do Centro Tecnológico do Ambiente Construído (CETAC), do IPT, é consolidar critérios em uma ampla abordagem que identifique...
O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) acaba de publicar a revisão do regulamento técnico da Etiqueta de Eficiência Energética em edificações comerciais, de serviços e públicos, após um mês em consulta pública, quando recebeu a colaboração da sociedade e de todas as partes interessadas. O regulamento faz parte do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) e...
Acabam de serem lançadas as normas que tratam da segurança em parques de diversão. Após diversos acidentes, a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas e a ADIBRA – Associação Brasileira de Parques de Diversões do Brasil desenvolveram e publicaram uma série de normas que visam aumentar a segurança dos usuários e funcionários dos parques de diversão. A série é...
Quando uma não-conformidade ocorre, ou seja, quando algo diferente do planejado acontece, alguma ação tem que ser tomada para reparar os danos e para garantir ou evitar que o problema volte a acontecer. Em casos extremos, podemos tomar uma ação no intuito de minimizar os riscos, caso volte a ocorrer. As ações corretivas precisam sempre ser registradas, tanto para compor...
Para ficar claro o conceito de abrangência, primeiro devemos entender o processo de Auditoria. O Auditor quando investiga um requisito, ele procura evidências – provas – de que este requisito foi atendido. Se o Auditor encontrar evidência objetiva de que não é atendido, então, ele aponta a não conformidade para o item e passa a investigar outro. Imagine que eu...
Quando se inicia o desenvolvimento de um novo produto ou serviço, uma série de necessidades e expectativas é gerada. O projeto é feito para atendo-las, mas como ter certeza, no final do projeto, de que todos estes anseios foram atendidos? Para isso, existe o Plano de Qualificação, ou em inglês, “Qualification Plan”. A primeira tarefa é identificar o que o...
A Academia Platônica de Ensino está trabalhando em um Ambiente Virtual de Aprendizagem, conhecido como AVA. Esse AVA está sendo construído tomando como base o Moodle, "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment", um software livre construído em PHP com um banco de dados MySQL, todos livres e gratuitos. A idéia é poder criar e manter cursos de alta qualidade pelo...